sexta-feira, 18 de maio de 2018

EXAME NACIONAL Estudantes têm até esta sexta-feira para se inscrever no Enem


O pagamento da taxa de inscrição para o Enem deve ser feito até o próximo dia 23 de maio nas agências bancárias
Postado Por Jeozivaldo Cesar

As provas deste ano serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro / Foto: Marcello Casal Jr./Arquivo Agência Brasil
As provas deste ano serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro
Foto: Marcello Casal Jr./Arquivo Agência Brasil
ABr

Termina hoje (18) às 23h59 (horário de Brasília) o prazo para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. As inscrições são feitas pela internet, na página do participante.
Mesmo os candidatos que pediram a isenção da taxa do Enem devem fazer a inscrição para a prova. Para se inscrever, o participante deverá apresentar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e do documento de identidade e criar uma senha. O candidato precisa também informar um endereço de e-mail válido e um número de telefone fixo ou celular, que será usado para enviar informações sobre o exame.
O pagamento da taxa de inscrição para quem não conseguiu a isenção, no valor de R$ 82, deve ser feito até 23 de maio nas agências bancárias, casas lotéricas e agências dos Correios.


Com o fim do prazo de inscrição, também fica encerrada a possibilidade de alterar dados cadastrais, o município onde o estudante quer fazer a prova e a opção de língua estrangeira. Os candidatos que precisarem de atendimento especializado têm que fazer o pedido no ato da inscrição.
Para o uso do nome social na prova do Enem, o pedido poderá ser feito entre os dias 28 de maio e 3 de junho. As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro.

DINHEIRO Aposta única do Distrito Federal leva R$ 58 milhões na Mega-Sena


Feita em lotérica de Planaltina, aposta de R$ 3,50 levou prêmio total de R$ 58.932.070,38

Postado por: Jeozivaldo Cesar

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Com uma aposta simples, de apenas R$ 3,50, um apostador de Planaltina, no Distrito Federal, acertou os seis números do concurso 2.041 da Mega-Sena, realizado nesta quinta-feira (16). O sortudo foi o único em todo o Brasil a marcar as dezenas 10-12-22-25-42-54, e faturou o prêmio de R$ 58.932.070,38. 

O jogo foi feito na Lotérica Mapa da Mina. Além do prêmio máximo, outras 120 pessoas acertaram cinco números e faturaram, cada uma, R$ 34.570,08 na Quina. Já a Quadra teve 9.310 ganhadores, que levarão para casa R$ 636,55, cada.

O sorteio foi realizado no Caminhão da Sorte da Caixa Econômica Federal, que estava estacionado na cidade de Campos Novos, em Santa Catarina. Com o concurso, a CEF arrecadou R$ 71.952.860,00. O próximo sorteio acontece no sábado e, inicialmente, o prêmio previsto é de R$ 3 milhões.

Só neste ano, é a segunda vez que uma aposta feita em Brasília acerta, sozinha, os seis números da Mega. Em 20 de abril, às vésperas do aniversário de 58 anos da cidade, um apostador daqui faturou R$ 9.349.630,55. Poucos dias antes, em 11 de abril, uma aposta de Unaí (MG), cidade do Entorno do DF, também havia acertado os seis números, o que rendeu ao sortudo um prêmio de R$ 22.122.662,60.

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, de acordo com a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa. 

Número de mortes por H1N1 dobra em uma semana

INFLUENZASecretaria de Saúde faz alerta para a necessidade da vacinação, que continua sendo feita nos postos de saúde da cidade

Postado por Jeozivaldo Cesar

Foto: SES/Divulgação
Foto: SES/Divulgação

Em uma semana, seis pessoas que tiveram a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) faleceram em Pernambuco. Entre as vítimas, um bebê de um mês, que morava no muncipio de Carpina, na Mata Norte. Até o último dia 5, a Secretaria Estadual de Saúde havia registrado 594 casos de SRAG, quadro que pode ser provocado por diversos agentes (vírus, bactérias) e é caracterizado pela necessidade de internação de pacientes com febre, tosse ou dor de garganta associado à dispneia ou desconforto respiratório. Do total de casos, 22 tiveram resultado laboratorial positivo para influenza A(H1N1), 11 para influenza A(H3N2) e 1 para vírus sincicial respiratório (VSR).
 
Nas últimas semanas, a SES observou uma média semanal de 75 casos de Srag, enquanto anteriormente estavam sendo 50, ou seja, houve um incremento de 50%. Diante disso, a Secretaria ressalta a importância dos grupos prioritários para a vacina contra a influenza procurarem os postos de saúde para serem imunizados, medida que evita o agravamento da doença e óbitos. A SES também está encaminhando, nesta quarta-feira (16.05), uma nota de alerta para os municípios com as informações epidemiológicas e as orientações.
 
“Analisando os dados, verificamos um maior incremento de casos de Srag nas semanas epidemiológicas entre os dias 15 de abril e 5 de maio deste ano, além de um aumento da gravidade nos casos confirmados de influenza. Precisamos chamar a atenção do público alvo para a vacinação, bem como da importância da adoção das demais medidas de prevenção e do manejo adequado dos casos pelos serviços de saúde”, afirma a gerente de Controle de Doenças Imunopreveníveis da SES, Ana Antunes. A gerente ressalta, ainda, que, em 2018, não foi registrado nenhum vírus novo em circulação no Estado.
 
Para os serviços de saúde, Ana Antunes lembra a importância da notificação imediata dos casos de Srag, que é obrigatória, e do tratamento com oseltamivir. Pessoas que possuem fatores de risco para o agravamento que apresentarem sintomas de síndrome gripal também devem utilizar essa medicação.
 
A população em geral também pode adotar medidas simples para evitar a propagação da doença, a exemplo de: sempre lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com álcool em gel; cobrir o nariz e a boca com o antebraço ou lenço ao tossir ou espirrar e descartar o lenço no lixo após uso; evitar tocar olhos, nariz ou boca; evitar contato próximo com pessoas doentes.
 
Em 2018, também foram registrados seis óbitos de Srag com resultados laboratoriais confirmados para influenza – cinco de influenza A(H1N1) e um de influenza A(H3N2) – , enquanto que em 2017, no mesmo período, foram cinco óbitos, todos com identificação da influenza A(H3N2).
 
SRAG EM 2017 – No ano passado, no mesmo período deste ano, foram registrados 741 casos de Srag, sendo 62 de influenza A(H3N2), 8 de influenza B, 3 de VSR e 1 de parainfluenza1. 
 
SÍNDROME GRIPAL – No caso da síndrome gripal (SG), que engloba os casos leves, o Estado faz o acompanhamento em quatro unidades sentinelas, localizadas no Recife (3) e em Jaboatão dos Guararapes (1). Nessas unidades são realizadas semanalmente algumas coletas de amostras dos pacientes para identificar os vírus em circulação no Estado. Até o dia 5 de maio, já foram confirmados 23 casos de influenza A(H1N1), 12 de influenza A(H3N2), 1 de influenza B e 1 de vírus sincicial respiratório (VSR).
 
VACINAÇÃO – Após 24 dias da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, 1.185.794 pessoas foram imunizadas com a vacina que protege contra a influenza A(H1N1), A(H3N2) e B. O quantitativo representa 49,4% do total do público alvo em Pernambuco (2.399.361). A meta é imunizar, no mínimo, 90% desse contingente.
 
“Entre os grupos prioritários, até o momento, as crianças estão com o menor percentual de imunização (39,5%). Por isso, é importante que os pais ou responsáveis as levem aos postos de saúde para que seja feita a vacinação. Esse é um direito da população inclusa nos grupos prioritários e uma ação essencial de saúde para evitar o agravamento e os óbitos pelos vírus da influenza”, destaca a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da SES, Ana Catarina de Melo. 
 
As puérperas e os trabalhadores de saúde são os grupos prioritários com as maiores coberturas vacinais (68,1% e 60,9%, respectivamente). “Temos mais 16 dias de campanha para vacinar mais de 1,2 milhão de pernambucanos. Os postos estão abastecidos e recebendo normalmente a demanda até o dia 1º de junho”, pontua Ana Catarina. 

quinta-feira, 17 de maio de 2018

TRAGÉDIA Acidente com micro-ônibus com estudantes causa uma morte na BR-101


O veículo transportava alunos da Faculdade Guararapes e Metropolitana, em Jaboatãota
Mais de vinte pessoas ficaram feridas no acidente na BR-101, em Prazeres / Foto: Reprodução/TV Jornal
Mais de vinte pessoas ficaram feridas no acidente na BR-101, em Prazeres
Foto: Reprodução/TV Jornal
JC Online
Com informações da TV Jornal
*Atualizado às 7h18
Um micro-ônibus capotou na noite desta quarta-feira (16), em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. De acordo com informações da Polícia Militar, uma jovem identificada como Juliana Maria da Silva, de 19 anos, estudante do curso de nutrição, morreu no local. 


O veículo transportava estudantes da Faculdade Guararapes e Metropolitana capotou no quilômetro 83 da BR-101, no sentido Recife-Cabo, próximo a Vitarella, por volta das 22h10. Quinze pessoas ficaram feridas no acidente e foram encaminhadas para hospitais. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do ônibus realizou o teste do bafômetro e resultado foi normal, ou seja, ele não ingeriu bebida alcoólica. 


GALERIA DE IMAGENS

Quinze pessoas ficaram feridas e uma estudante de nutrição morreu com o acidente
Legenda
Anteriores
  • Foto%3A%20Reprodu%E7%E3o/TV%20Jornal
  • Foto%3A%20Divulga%E7%E3o/PRF
  • Foto%3A%20Reprodu%E7%E3o/TV%20Jornal
  • Foto%3A%20Divulga%E7%E3o/PRF
Próximas

Vítimas

O Corpo de Bombeiros socorreu três vítimas. Uma mulher de 19 anos, consciente, com traumatismo crânio-encefálico leve e com ferimento no braço esquerdo, foi encaminhada para o Hospital da Restauração; uma mulher de 25 anos com dores na perna e na cabeça e outra, de 24 anos, com fraturas no pé e no fêmur, além de escoriações pelo corpo foram encaminhadas conscientes para o Hospital Dom Hélder. Os Bombeiros enviaram ao local 11 viaturas. Outras três vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas também para o Hospital Dom Hélder. Ao todo, foram seis vítimas socorridas e levadas para hospitais.

Chuva e escuridão

De acordo com o perito do Instituto de Criminalística (IC) Heldo Souza, a chuva e a escuridão podem ter sido responsáveis pela perda de controle do motorista, causando o capotamento do micro-ônibus.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Ônibus de Timbaúba se envolve em acidente na BR-408 em Carpina


Um acidente na madrugada desta segunda-feira (14), em Carpina, na Mata Norte de Pernambuco, terminou com a morte de um motoqueiro. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um ônibus colidiu de frente com a motocicleta, e a vítima, que tinha 35 anos, morreu no local.


O acidente ocorreu por volta das 4h, no quilômetro 63 da BR-408, próximo ao posto da PRF de Carpina. Segundo a PRF, ônibus vinha de Timbaúba e transportava moradores da região para atendimentos médicos no Recife, que fica cerca de 57 quilômetros de distância.

Motoqueiro não resistiu aos ferimentos e morreu no local (Foto: Polícia Rodoviária Federal/ Divulgação)
Segundo o proprietário do ônibus, o motorista atingiu a motocicleta ao invadir a faixa contrária da rodovia quando tentou desviar de dois pedestres, que andavam na pista aparentemente alcoolizados. O motorista do coletivo fugiu do local para não ser linchado. Nenhum passageiro ficou ferido.

Fonte G1Pernambuco

Contra aumento da gasolina, vereador vai trabalhar a cavalo na Bahia


Montado em “Pretinho”, que pegou emprestado de um amigo, o vereador percorreu um trecho de 2 km entre o bairro Tomba, em Feira de Santana onde mora, até a Câmara de Vereadores
Postado por Jeozivaldo Cesar

O vereador disse que pensou em fazer o protesto de bicicleta, mas foi a cavalo para chamar mais atenção e por medo de ser alvo de agressão / Foto: Reprodução/Facebook
O vereador disse que pensou em fazer o protesto de bicicleta, mas foi a cavalo para chamar mais atenção e por medo de ser alvo de agressão
Foto: Reprodução/Facebook
Redação do jornal Correio
Para a Rede Nordeste
Revoltado com os frequentes aumentos da gasolina, um vereador de Feira de Santana realizou, nessa segunda-feira (14), um protesto inusitado. De terno e gravata e carregando uma placa que dizia “Basta! Diga não ao combustível caro”, o vereador Edvaldo Lima (PP) saiu cavalgando em meio ao trânsito da segunda maior cidade da Bahia, com 627 mil habitantes.


Montado em “Pretinho”, que pegou emprestado de um amigo, o vereador percorreu um trecho de 2 km entre o bairro Tomba, onde mora, até a Câmara de Vereadores. No trajeto, recebeu apoio de populares, com direito a buzinaço.
O vereador disse que pensou em fazer o protesto de bicicleta, mas foi a cavalo para chamar mais atenção e por medo de ser alvo de agressão. O amigo dono do cavalo o acompanhou no ato, montado em outro animal.
No último levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP) sobre preço de combustíveis em Feira de Santana, realizado entre 6 e 12 de maio, o valor médio da gasolina na cidade está em R$ 4,55, mas o parlamentar disse que tem posto cobrando R$ 5 – no site da ANP, o preço mais alto da gasolina em Feira é de R$ 4,60.
“O meu protesto é devido aos aumentos absurdos em Feira de Santana e na Bahia. Mas aqui em Feira, com mais ênfase, porque o preço da gasolina é fora da realidade”, declarou Lima, que diz gastar cerca de R$ 3 mil por mês com gasolina nas suas atividades parlamentares.
“É uns R$ 100 por dia que gasto, indo aos povoados. Na Câmara não temos auxílio paletó, combustível, o custo com isso aí é todo do parlamentar”, ele afirmou. Na Câmara de Feira de Santana, os 21 vereadores têm salário de R$ 15 mil.
Para o vereador, os aumentos da gasolina, realizados pela Petrobras, são consequência dos desvios de dinheiro público da estatal que vieram à tona por meio da Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

“E quem está pagando mais caro é a população. Nos mercados, os alimentos estão mais caros porque o transporte teve aumento do custo. E isso é repassado para o consumidor final. Precisamos levantar a voz contra isso”, ele disse, informando em seguida que estuda tomar medidas jurídicas contra o aumento dos combustíveis.
A Petrobras voltou a subir semana passada o preço da gasolina vendida nas refinarias para as distribuidoras. Com o reajuste de 2,23%, e o preço médio foi para R$ 4,25 o litro, ante os R$ 4,22 da semana anterior, alta de 0,76% - no acumulado, desde o início do ano, a alta da gasolina é de 3,85%, segundo a ANP.
Desde que a Petrobras adotou nova política de ajustes de preços, em 3 de julho de 2017, a gasolina teve valorização de 21,28%. Com a nova forma de ajustes de preços, a Petrobras tem atualizado os valores praticamente toda semana.

Silêncio

Procurada pelo CORREIO para comentar o protesto do vereador Edvaldo Lima e o aumento da gasolina, a Petrobras não se manifestou. O mesmo fez o Sindicom, que representa na Bahia as distribuidoras de combustíveis.
Marcelo Travassos, diretor executivo do Sindicombustíveis, entidade que representa os postos de revenda, disse que não há nada de inusitado no protesto do vereador, pois “a sociedade de Feira de Santana está acostumada a ver esse meio de transporte”.
“Inusitado é o que a Petrobras está fazendo com a sociedade. Aumentar os combustíveis quase todos os dias é que é inusitado. O vereador está fazendo o papel dele. Essa nova política da Petrobras é perversa para toda a sociedade”, declarou.

SANTA CRUZ Santa Cruz quebra jejum de gols, vira o placar em dois minutos e vence o Globo pela Série C


Tricolor perdia até os 36 do 2º tempo quando iniciou reação em Ceará-Mirim

Rodrigo Baltar/Santa Cruz
O Santa Cruz mostrou uma virtude importante no jogo da noite desta segunda-feira: a reação. Superior ao adversário durante praticamente toda a partida, saiu atrás no placar em um momento crucial da partida, aos 28 minutos do segundo tempo. Poderia ter se abatido, jogado a toalha após uma sequência de chances desperdiçadas até sofrer o gol. Não foi assim. Mesmo jogando fora de casa, no estádio Manoel Barretto, em Ceará-Mirim, o Tricolor conseguiu colocar a bola no chão e, em dois minutos, surpreendeu o adversário com uma virada meteórica, mas, diga-se de passagem, merecida. Foi a primeira vitória do técnico Paulo César Gusmão à frente do time.

Os gols da vitória coral foram marcados por Robinho, de pênalti, e Charles, aos 36 e 37 minutos do segundo tempo. A equipe potiguar marcou com Romarinho. Com a vitória, o Tricolor quebrou um jejum de aproximadamente 360 minutos sem marcar gols. E, consequentemente, uma sequência de três jogos sem vitórias. Agora com nove pontos, o time voltou ao G4 da Série C, na terceira posição. A equipe coral agora volta a campo no próximo sábado, quando irá receber o Botafogo-PB, no Arruda. 

O jogo

Emoção, emoção mesmo, o primeiro tempo entre Globo e Santa Cruz não teve. Tecnicamente pobre, o jogo iniciou lento. Com seguidos erros de passes e faltas em excesso, a partida se desenhou desde os instantes iniciais como daquelas difícil de acompanhar. O primeiro chute a gol só veio aos 13 minutos. Foi os perto do gol que o Tricolor chegou. Henrique Ávila recebeu bom lançamento de Robert e bateu cruzado, com força, para boa defesa de Welligton. Aos 21, a equipe coral chegou a iniciar uma curta blitz, que terminou com nova finalização de Ávila, nas mãos do goleiro. Embora apresentando suas limitações, o Santa Cruz esteve levemente superior na maior parte da etapa.

Mais recuado, o Globo visivelmente apostava nos contra-ataques. E foi em um raro momento de lucidez, que o time encaixou um com perigo. Aos 27, Galiardo subiu pela direita e cruzou. Negueba tentou bicicleta, furou, e na sobra Max chutou muito fraco. Boa chance desperdiçada. Em meio ao apatismo do jogo, uma expulsão inesperada. O técnico PC Gusmão reclamou de um lance fortuito e acabou sendo retirado da beira do gramado. Ele não viu mais de perto Tiago Machowski defender o chute de Reinaldo, aos 35, e Charles cobrar falta com perigo, aos 43. O intervalo veio sem gols.

Segundo tempo

Na etapa final, o Santa Cruz voltou com uma postura mais ofensiva. Sentindo o adversário fragilizado, muito retraído na defesa, passou a ficar mais à vontade no jogo. E passou a dominar o Globo. Trocando passes com facilidade, a equipe coral foi envolvendo os potiguares. E colecionando chances desperdiçadas. Aos 10 e aos 15, com Robinho, que cresceu no segundo tempo. Aos 11, com Geovani, que obrigou Welligton a fazer grande defesa. Aos 20, a melhor chance do jogo. Ávila arriscou de fora da área, a bola desviou em Victor Souza e foi na trave, já com o goleiro fora de ação.

Quando o gol tricolor parecia maduro, o castigo veio aos 28 minutos. Em um esporádico contra-ataque, o Globo foi mortal. Após cruzamento, a defesa falhou e Vítor não conseguiu cortar a bola, que sobrou limpa para Romarinho finalizar na saída de Machowski. Apesar do gol, o Tricolor não se abateu. Seguiu martelando. E chegou ao empate. Aos 35, Vitor invadiu a área e cruzou. A bola bateu no braço de Jarmeson no carrinho. Pênalti bem convertido por Robinho. No embalo do gol, a virada. Um minuto depois, Charles pegou uma bola mal cortada pela defesa potiguar e bateu de primeira, de fora da área, sem chance para Welligton: 2 a 1. Estava sacramentada a vitória coral.

Ficha do jogo

Globo-RN 1
Welligton; Geovane, Victor Souza, Jamerson e Diego (Renatinho Carioca); Galiardo (Erick), Reinaldo, Jean Natal e Negueba (Alex Sandro); Romarinho e Max. Técnico: Fernando Tonet.

Santa Cruz 2
Tiago Machoswki; Vítor, Sandoval e Augusto Silva e Henrique Ávila; Charles, Carlinhos Paraíba e Geovani (Johnny); Arthur Rezende (Maicon Assis), Robinho e Robert (Halef Pitbull). Técnico: Paulo César Gusmão.

Local: Manoel Barretto, em Ceará-Mirim-RN.
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG).
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Magno Arantes Lira (ambos de MG). 
Gols: Romarinho (28’ do 2ºT) (G); Robinho (36’ do 2ºT) e Charles (37’ do 2ºT) (S). 
Cartões amarelos: Galiardo, Max, Geovane (G); Vítor, Augusto Silva, Geovani, Henrique Ávila (S). 

Polícia prende suspeitos de cartel de combustível na Região Metropolitana


Três pessoas, ligadas ao sindicato dos donos de combustíveis, foram levadas para a sede do GOE, no Cordeiro


Por: Diário de Pernambuco
Publicado por jeozivaldo Cesar

Três pessoas foram presas sob suspeita de envolvimento com cartel de combustíveis na Região Metropolitana do Recife. Os suspeitos são integrantes do Sindicato dos Donos de Postos de Combustíveis de Pernambuco, segundo a Polícia Civil e, teriam comedido crime contra a ordem economica, manipulando os preços de gasolina, álcool e diesel nas bombas. Os presos estão na sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, mas já estão com prisão preventiva decreta e devem ser encaminhados ainda nesta terça-feira para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Na Região Metropolitana do Recife (RMR), o valor médio do combustível é de R,20 para gasolina e o de R,20 para o alcoól. 
O operação, batizada de Funil, é a 14° realizada pela Polícia Civil de Pernambuco este ano. A investigação, que resultou na prisão dos envolvidos, teve início há 11 meses pela Delegacia de Crimes contra a Ordem Tributária (Decot). Nesta terça-feira, estão sendo cumpridos 17 mandados de busca e apreensão e 10 mandados em residências de suspeitos. Os policiais ainda estão na rua tentando apreender mais documentos que comprovem a fraude. Um total de 163 policiais civis, entre delegados, comissários, agentes e escrivães estão na operação. 

Segundo o delegado Nelson Souto, gerente Operacional das Delegacias Especializadas, a Polícia investiga ainda se a prática criminosa vinha sendo cometida por outros integrantes do sindicato, inclusive o presidente, e empresários do setor. "Fomos surpreeendidos com a partipação desses três funcionários do sindicato, justamente, um órgão para regulamentar a venda de combustíveis, mas que estava cometendo a prática de alinhamento de preços junto aos postos de gasolina. Estamos coletando mais informações que servirão de lastro probatório para definir a participação de cada um dos envolvidos no esquema", disse o delegado. 

Os mandados de busca foram cumpridos em postos de gasolina nas cidades do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Abreu e Lima, Igarassu, Morenom Vitória de Santo Antão, Pombos, Paudalho, Glória do Goitá, Gravatá e Bonito. Uma arma de fogo, em situação irregular, foi apreendida em um dos postos de combustíveis vistoriados. Mais detalhes a respeito da investigação serão divulgados somente amanhã (quarta-feira), na sede da Polícia Civil, na Boa Vista. 

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Sem jogadores cotados por Tite, Pernambuco pode ficar de fora da Copa após 32 anos

Postado por Jeozivaldo Cesar

Último mundial que não contou com nenhum atleta do Estado foi o de 1986


Lucas Figueiredo/CBF
Nesta sergunda-feira, às 14h, o técnico Tite divulga a relação de 23 jogadores que irão defender o Brasil na Copa do Mundo da Rússia. Convocação que deve confirmar uma marca negativa para o futebol local. Sem nenhum atleta nascido em Pernambuco cotado para fazer parte da relação, o estado deve ficar sem um atleta no Mundial após 32 anos. Isso vez que isso havia acontecido foi na Copa de 1986, no México, há sete edições. De lá para cá, pelo menos um pernambucano vinha sendo relacionado para defender a amarelinha. Com direito a dois campeões do mundo.

A lista começa com o zagueiro Ricardo Rocha, titular na Itália em 1990 e que conquistaria o tetra quatro anos depois, nos Estados Unidos. Após estrear como titular e capitão do time, contra a Rússia, Rocha se lesionaria e passaria o restante do mundial no elenco, mas sem condições de jogo. Já em 1998 e 2002 o representante pernambucano foi o meia Rivaldo, um dos destaques da seleção nos dois mundiais. Na campanha do vice-campeonato na França foi o vice-artilheiro do time, com três gols, dois deles nas quartas de final, contra a Dinamarca. 

Já na Copa da Coréia e do Japão, dividiu o protagonismo do penta com o atacante Ronaldo na Coréia e no Japão, sendo o autor de cinco gols. Para o técnico Luiz Felipe Scolari, por exemplo, o meia foi o melhor jogador do Mundial.

Nas edições seguinte, Pernambuco também esteve presente. Porém, já sem tanto brilho. Na Copa de 2006, na Alemanha, o meia Juninho foi chamado pelo técnico Carlos Alberto Parreira e disputou três partidas, sendo duas como titular. Contra o Japão, marcou seu único gol, na goleada por 4 a 1 na primeira fase e na eliminação para a França, nas quartas de final.

Quatro anos depois, o volante Josué, revelado pelo Porto de Caruaru, fez parte da lista do técnico Dunga. Mas só entrou em campo no segundo tempo do empate por 0 a 0 com Portugal, ainda na primeira fase. Já na Copa do Brasil, em 2014, o também volante Hernanes, que figurou na reserva durante todo o Mundial sendo acionado no segundo tempo dos jogos contra a Croácia (na abertura da Copa), nas quartas de final diante da Colômbia e na decisão do 3º lugar frente a Holanda.

Outros pernambucanos

Ao todo, já foram 10 os atletas nascidos em Pernambuco a disputar uma Copa do Mundo. O primeiro de todos, o atacante Ademir de Menezes, artilheiro (nove gols) e vice-campeão em 1950, no Brasil. No bicampeonato de 1958 e 1962, o atacante Vavá se fez presente, com o volante Zequinha também compondo o grupo no segundo Mundial. Por fim, em 1966, na Inglaterra, o goleiro Manga e o lateral-esquerdo Rildo representaram o estado.

Os representantes do Estado em Copas

1 – Ademir Menezes, 1950 (atacante, revelado pelo Sport)
2 – Vavá, 1958/1962 (atacante, revelado pelo Sport)
3 – Zequinha, 1962 (volante, revelado pelo Santa Cruz)
4 – Rildo, 1966 (lateral-esquerdo, revelado pelo Sport)
5 – Manga, 1966 (goleiro, revelado pelo Sport)
6 – Ricardo Rocha, 1990/1994 (zagueiro, revelado pelo Santa Cruz)
7 – Rivaldo, 1998/2002 (meia, revelado pelo Santa Cruz)
8 – Juninho Pernambucano, 2006 (meia, revelado pelo Sport)
9 – Josué, 2010 (volante, revelado pelo Porto)
10 – Hernanes, 2014 (meia, revelado pelo Unibol)

sábado, 12 de maio de 2018

ELEIÇÕES Ministro nega liminar para garantir representante de Lula em debates entre pré-candidatos


Postado por Jeozivaldo CesarO partido alegou que Lula não foi convidado apesar de aparecer como 'líder na pesquisa de intenção de votos'



Desde que Lula foi preso, em 7 de abril, o PT o mantém como pré-candidato da legenda. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Desde que Lula foi preso, em 7 de abril, o PT o mantém como pré-candidato da legenda. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou um pedido de liminar (decisão provisória) do PT para que fosse garantida a participação de um representante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em debates entre pré-candidatos ao Palácio do Planalto.

Desde que Lula foi preso, em 7 de abril, o PT o mantém como pré-candidato da legenda, afirmando que irá registrá-lo para concorrer ao pleito.

Pela via judicial, o partido pretendia garantir a presença de um representante de Lula já no ciclo de entrevistas com pré-candidatos, iniciado pelo jornal Folha de S.Paulo, pelo portal UOL e pelo SBT.

O partido alegou que Lula não foi convidado apesar de aparecer como “líder na pesquisa de intenção de votos”. Os veículos de comunicação estariam com isso violando o princípio da isonomia entre os pré-candidatos, segundo o PT, ao alegarem que o ex-presidente “estaria indisponível para figurar nas entrevistas em decorrência de sua prisão”.

Ao analisar o caso, Og Fernandes reconheceu a importância da isonomia, mas destacou não haver dispositivo legal que garanta a participação de representante na hipótese de impossibilidade de participação de determinado candidato.

O ministro disse que o caso não tem precedentes e por isso deve ser examinado em plenário pelo TSE. Enquanto isso não ocorre, ele entendeu não haver urgência na concessão de liminar, pois “o fato de o ciclo de entrevistas já ter se iniciado não impede que, em caso de procedência desta representação, venha ser garantido à agremiação o direito de indicar alguém para ser entrevistado no lugar de seu pré-candidato”.

ARRUDA Santa Cruz: PC Gusmão chama Carlinhos Paraíba de ''meio-campista''


Carlinhos Paraíba afirmou o desejo de continuar jogando como segundo volante no Santa Cruz
Postado por jeozivaldo Cesar

Carlinhos Paraíba é o principal jogador do Santa Cruz em 2018 / Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Carlinhos Paraíba é o principal jogador do Santa Cruz em 2018
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya
Nem meia, nem volante. O técnico do Santa Cruz, Paulo César Gusmão, define Carlinhos Paraíba como meio-campista. Ou "médio", como preferiu chamar. A justificativa dele é que os jogadores que atuam no setor precisam saber marcar e sair bem para o ataque. Ele citou como exemplo o empate diante do Remo, que Ávila, Charles e o camisa 12 atuam nessas funções. Para o confronto contra o Globo, segunda-feira, o setor deve ter como novidade Geovani.
"Não gosto muito de definir meia ou volante. Acho que são médios. Médios são aqueles jogadores que jogam por dentro do campo, com função e característica. Sem a bola, tem que recompor e ajudar na marcação. Com a bola, liberdade para criar. Tanto que no último jogo se viu o Carlinhos segurando um pouco mais e o Charles finalizando, tendo poder de finalização, com chegada na área do adversário. São meio-campistas", afirmou o treinador coral.


Questionado sobre o dono da camisa 10, PC Gusmão destacou que é positivo para o Santa Cruz ter mais de uma opção. Atualmente, tem Geovani, Arthur Rezende, Maicon Assis e Valdeir, que ainda não foi regularizado. "Jogo com três médios. Hoje tem Geovani, Arthur, a chegada do Maicon, todos que podem fazer por dentro. O mais importante é que possa ter dentro do grupo opções", declarou o comandante tricolor.

REGULARIZAÇÃO

Última contratação do Santa Cruz, Valdeir não foi regularizado para o jogo contra o Globo na segunda-feira. A expectativa é que o nome dele seja publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no primeiro dia útil desta semana. A demora se deve ao fato de precisar de documentos internacionais, pois ele pertence ao Desportivo Aves, de Portugal.

CAMPANHA Vacinação contra gripe terá hoje 65 mil postos em todo o país


Segundo o Ministério da Saúde, a vacina contra a gripe é segura e rediz complicações que podem provocar casos graves da doença
Postado Por Jeozivaldo Cesar

Ministério da Saúde espera vacinar 54,4 milhões de pessoas até 1º de junho em todo o país / Foto: Agência Brasil
Ministério da Saúde espera vacinar 54,4 milhões de pessoas até 1º de junho em todo o país
Foto: Agência Brasil
ABr

Sessenta e cinco mil postos de saúde em todo o país abrem as portas hoje (12) para a vacinação contra a gripe. No chamado Dia D de mobilização nacional, 37 mil postos de saúde de rotina e 28 mil unidades volantes estarão funcionando. A expectativa do Ministério da Saúde é vacinar 54,4 milhões de pessoas até 1º de junho.
Devem receber a dose crianças de 6 meses a menores de 5 anos, idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.
Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem ser imunizadas. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação.


Pacientes cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão registrados para receber a dose, sem necessidade de prescrição médica.
A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A definição, segundo o governo federal, também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento de infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

A vacina

O Ministério da Saúde informou que a vacina contra a gripe é segura e reduz complicações que podem provocar casos graves da doença, internações e óbitos.

Estudos demonstram que a imunização pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em aproximadamente 50% das doenças relacionadas à gripe Influenza.
A dose utilizada na rede pública de saúde protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no Hemisfério Sul ao longo do último ano, conforme determinação da OMS, incluindo o H1N1 e o H3N2.

Reações adversas

Ainda de acordo com o ministério, após a aplicação da dose, podem ocorrer, de forma rara, dor, vermelhidão e endurecimento no local da injeção. As manifestações são consideradas benignas e os efeitos costumam passar em 48 horas.
A vacina da gripe é contraindicada para pessoas com histórico de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. É importante procurar o médico para mais orientações.

Proteção contra a gripe

O Ministério da Saúde alerta que a imunização antecipada é importante para garantir proteção contra a gripe antes que as temperaturas comecem a cair –período de maior circulação do vírus.
Ele recomenda ainda que a população adote cuidados simples, como lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; e evitar locais com aglomeração de pessoas.